Cerâmica Industrial
https://ceramicaindustrial.org.br/article/doi/10.4322/cerind.2021.006
Cerâmica Industrial
Regular Processamento

Otimização do processo de moagem em moinho planetário

Beatriz Alves Sartor, Emilly Nauana Marques Rodrigues, Gabriel Goularti Brunel, Layrine Geremias, Liairon Elias, Maria Eduarda Souza da Rosa, Suelen Reus Savi, Vitória Spadel Baesso, Priscilla Barreto, Marcelo Dal Bó

Downloads: 3
Views: 140

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo estudar o processo de moagem em moinhos planetários. Estes moinhos são caracterizados por uma moagem de alta energia e, consequentemente, são amplamente utilizados em escala de laboratório visando acelerar o processo de redução do tamanho de partículas. Para a realização dos experimentos desenvolveu-se um planejamento experimental de misturas, onde foi variado o tamanho de bolas de alta alumina (diâmetros de 20 mm, 12,8 mm e 5 mm) e o percentual destas bolas. Um planejamento de misturas foi desenvolvido resultando em 10 ensaios. Os experimentos foram executados com uma réplica genuína visando maior representatividade estatística nos resultados. Frita cerâmica comercial foi usada como sólido a ser moído e, após a moagem, foi medido o resíduo em malha #325 mesh. Os resultados mostraram que o processo de moagem de fritas cerâmicas em moinhos planetários foi otimizado usando misturas entre bolas médias (12,8 mm) e bolas pequenas (5 mm). Além disso, foi possível prever o comportamento do resíduo de moagem variando o tamanho e o percentual de bolas de alta alumina através de um modelo matemático obtido a partir do software Statistica 7.0.

Palavras-chave

Tamanho de partícula. Bolas. Moagem, Laboratório. Moinho periquito.
623c7962a9539510a3234302 ci Articles
Links & Downloads

Cerâm. ind.

Share this page
Page Sections