Cerâmica Industrial
https://ceramicaindustrial.org.br/article/doi/10.4322/cerind.2021.004
Cerâmica Industrial
Regular Reciclagem

Obtenção de cerâmica de revestimento sustentável desenvolvida com resíduos industriais

A. L. A. Caetano, V. C. Marques, D. A. de Macedo, H. S. Ferreira, R. P. S. Dutra, R. R. N. Menezes

Downloads: 3
Views: 108

Resumo

Resumo O crescimento dos impactos ambientais ocasionado pelos resíduos descartados no meio ambiente desperta grande interesse entre os pesquisadores, a fim de buscar soluções. Os custos de disposição de resíduos de forma ecologicamente correta são muito elevados, o que tem motivado a busca por alternativas tecnológicas viáveis para a reutilização de resíduos industriais, tanto na reintrodução dos ciclos industriais já existentes, quanto na produção de novos produtos, os quais podem assumir lugares de destaque em vários segmentos, sendo um dos mais importantes e principais, a indústria da construção civil. Este trabalho tem por objetivo caracterizar e combinar matérias-primas alternativas, como resíduos advindos de ciclos industriais para obtenção de cerâmica de revestimento que atenda as exigências da norma ABNT NBR ISO 10545-2:2020, a qual fixa as características exigíveis para esse tipo de material. Os resíduos foram caracterizados por técnicas de análise química, mineralógica, térmica e granulométrica. Formulações cerâmicas contendo resíduos de caulim, granito e polimento do porcelanato foram produzidas por prensagem e sinterizadas em três diferentes temperaturas. As amostras sinterizadas foram caracterizadas por ensaios de absorção de água, perda ao fogo, retração linear de queima e tensão de ruptura à flexão. Os resultados indicaram que o resíduo do caulim é constituído por caulinita, mica e quartzo. O resíduo de granito é constituído por quartzo, mica, anortita e magnesiorblenda. O resíduo do polimento de porcelanato é constituído por mulita, quartzo e carbeto de silício. Os resíduos apresentam distribuições granulométricas significativamente diferentes. A análise das propriedades tecnológicas, as quais as diferentes combinações de resíduos foram submetidas, demonstra que os produtos obtidos se adequam as exigências da norma NBR 6502/1995 e podem ser classificados como revestimentos cerâmicos semiporoso e poroso.

Palavras-chave

Resíduos; Reaproveitamento; Caulim; Granito; Porcelanato; Revestimentos cerâmicos.
61d8471da9539528b1141c72 ci Articles
Links & Downloads

Cerâm. ind.

Share this page
Page Sections