Cerâmica Industrial
https://ceramicaindustrial.org.br/article/doi/10.4322/cerind.2020.006
Cerâmica Industrial
edição especial Concreto

Comportamento e caracterização do rejeito de Manganês da Serra do Navio/AP em substituição dos agregados no concreto

João Queiroz de Souza Junior; João Carlos Lisboa de Lima; Marcelo de Souza Picanço

Downloads: 0
Views: 85

Resumo

A utilização de agregados naturais demanda alto consumo de recursos energéticos e logísticos para abastecer as necessidades locais, deste modo, racionalizar o uso de agregados que tenham disponibilidade regional é de suma importância para diminuir custos e gerar práticas sustentáveis. Considerando a necessidade de diminuir os impactos ambientais relacionados à estocagem de rejeitos de manganês na sede de uma mineradora situada no município de Serra do Navio/AP, este artigo tem por objetivo atribuir valor ao rejeito para sua utilização na construção civil como agregado no concreto. Foram moldados uma série de corpos de prova cilíndricos com concreto convencional, seixo e areia, e outro com substituição total pelo rejeito para análise comparativa dos resultados. Foi realizada a caracterização mecânica a partir dos ensaios de resistência à compressão, tração por compressão diametral e módulo de elasticidade, assim como a caracterização química e mineralógica do rejeito através dos ensaios de reação álcali-agregados, fluorescência de raio-x (FRX) e difração de raio-x (DRX). Obteve-se a validação no uso do concreto com rejeito pela sua não reatividade e baixa pozolanicidade, pois apresenta baixos teores de óxido de ferro, silício e alumínio, além de alcançar a resistência mecânica desejável com diferença ao concreto convencional de 18% para compressão axial, 2% para compressão diametral e 3% no módulo de elasticidade, tornando-se plausível o uso pela redução do impacto ambiental regional.

Palavras-chave

Rejeito de manganês. Agregados. Concreto.
60f6d9f2a9539530997cf133 ci Articles
Links & Downloads

Cerâm. ind.

Share this page
Page Sections