Cerâmica Industrial
https://ceramicaindustrial.org.br/article/doi/10.4322/cerind.2019.004
Cerâmica Industrial
Artigo Original

Efeito da Substituição do Feldspato por Filito sobre a Deformação Piroplástica de Massas de Porcelanato Esmaltado

Miguel Y. Hernández-Sánchez, Suelen Nastri, Fábio G. Melchiades, Anselmo O. Boschi

Downloads: 3
Views: 223

Resumo

O fenômeno de deformação piroplástica ocorre frequentemente em produtos de alta vitrificação como os porcelanatos. A deformação do formato provocada por forças de gravidade, devido ao próprio peso da peça cerâmica, durante o ciclo térmico está relacionado ao volume de fase líquida e/ou à viscosidade da mesma no durante a queima. O desenvolvimento de novos produtos com grandes dimensões e espessuras menores contribuiu para o aumento da preocupação com a deformação piroplástica. O objetivo deste trabalho foi avaliar comparativamente o efeito da substituição do feldspato por filito em massas de porcelanato esmaltado sobre a deformação piroplástica. Os resultados obtidos indicam que, nas condições deste estudo, a substituição do feldspato pelo filito reduz significativamente a deformação piroplástica da massa. A análise dos resultados sugere que tal diminuição se deve principalmente ao fato de que a viscosidade da fase líquida formada pela fusão do feldspato é consideravelmente menor do que a resultante da fusão da mica muscovita, que o volume de líquido formato na máxima temperatura também é significativamente maior na massa contendo feldspato e que a fusão do feldspato se dá a uma temperatura inferior à da mica muscovita.

Palavras-chave

deformação piroplástica, porcelanato esmaltado, filitos.

Referências

1. BARALDI, LUCA; ACIMAC. World production and consumption of ceramic tiles. Tile International, v. 3, p. 42-48, 2017. ISSN 2039-8301. Disponivel em: . Acesso em: 08 Mar. 2018.

2. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 15463: placas cerâmicas para revestimento - porcelanato. Rio de Janeiro: ABNT, 2013.

3. BARBA, A. et al. Materias Primas para la fabricación de soportes de baldosas cerámicas. 1ª. ed. Castellón: Instituto de Tecnología Cerámica - AICE, 1997. 292 p. ISBN 84-923176-6-3.

4. DONDI, M.; RAIMONDO, M.; ZANELLI, C. Sintering mechanisms of porcelain stoneware tiles. In: PROCEEDINGS SINTERING 2003 International Conference on the Science, Technology & Applications of Sintering, September 15 - 17, Penn State University. Pennsylvania: The Materials Research Institute and The Center for Innovative Sintered Products, 2003.

5. MARTÍN-MÁRQUEZ, J.; RINCÓN, J. M.; ROMERO, M. Effect of firing temperature on sintering of porcelain stoneware tiles. Ceramics International, v. 34, n. 8, p. 1867–1873, dez. 2008. Disponivel em: .

6. MELCHIADES, F. G. et al. Deformação piroplástica de porcelanatos. Cerâmica Industrial, v. 19, n. 1, p. 13-17, 2014. Disponivel em: .

7. SÁNCHEZ, E. et al. Deformación de cocción en gres porcelánico de gran formato. Efecto de las variables composicionales y de proceso. In: ______ XV Congreso Mundial de la Calidad del Azulejo y del Pavimento Cerámico - QUALICER’18. Castellón: QUALICER, 2018. p. 1-17. Ponencia 17.

8. CABRAL JUNIOR, M. Matérias-primas para a produção de porcelanato no Brasil: cenário atual, demandas e oportunidades. São Paulo: Expo Revestir, 2018. Disponivel em: . Acesso em: 02 jul. 2018. Palestra. 36 slides.

9. CONSERVA, L. R. D. S. et al. Pyroplastic deformation of porcelain stoneware tiles: Wet vs. dry processing. Journal of the European Ceramic Society, n. 37, p. 333–342, 2017. Disponivel em: .

10. COELHO, C.; ROQUEIRO, N.; HOTZA, D. Rational mineralogical analysis of ceramics. Materials Letters, v. 52, n. 6, p. 394-398, fev. 2002. Disponivel em: .

11. GIORDANO, D.; RUSSELL, J. K.; DINGWELL, D. B. Viscosity of magmatic liquids: A model. Earth and Planetary Science Letters, v. 271, p. 123-134, 2008. Disponivel em: .

12. CONTE, S. et al. High temperature viscosity of porcelain stoneware bodies. In: ______ XV Congreso Mundial de la Calidad del Azulejo y del Pavimento Cerámico - QUALICER’18. Castellón: QUALICER, 2018. p. 1-9. Ponencia 16.

13. CONSERVA, L. R. D. S. et al. Deformação Piroplástica de Porcelanatos: Influência da Rota de Fabricação (Via Úmida × Via Seca). Cerâmica Industrial, v. 20, n. 4, p. 7-15, Jul/Ago 2015. Disponivel em: .

5cae04b80e8825755cfa9a2c ci Articles
Links & Downloads

Cerâm. ind.

Share this page
Page Sections