Cerâmica Industrial
https://ceramicaindustrial.org.br/article/doi/10.4322/cerind.2017.019
Cerâmica Industrial
Artigo

Análise dos Resultados da Inclusão de Vidros Reciclados na Produção de Engobe Cerâmico: Vidro de Potes

Ana Elise Chuch, Bruna Destro Jung, Daniela Simiano, Daniel Magagnin, Helliton Silva Machado, Micaella Borgert Miguel

Downloads: 1
Views: 504

Resumo

O cenário atual para o sistema produtivo busca uma maior readequação dos materiais inutilizados e este estudo pretende analisar o comportamento do engobe quando incorporado à sua formulação algumas porcentagens de vidro de pote reciclado. O principal objetivo do estudo é explorar os resultados de análises realizadas, caracterizando cada formulação e verificando o comportamento apresentado por cada uma delas, abrindo um leque de novas oportunidades para pesquisas futuras que abordem o mesmo tema em questão. Os resultados obtidos se mostraram bastantes satisfatórios quando analisadas diversas variáveis como cor, impermeabilidade e densidade, indicando um possível uso do vidro de pote reciclado na incorporação da formulação dos engobes cerâmicos.

Palavras-chave

engobe cerâmico, vidro reciclado, produção cerâmica.

Referências

AMORÓS, J. L. Et al. Acordo esmalte-suporte (l): a falta de acordo como causa do empenamento. Cerâmica industrial, v. 1, n. 4/5, ago/dez. 1996. Acesso em: maio 2017.

BOSCHI, Ortega, Anselmo. Et al. Caracterização das principais argilas utilizadas em engobes para revestimentos cerâmicos. Cerâmica Industrial, v. 10, n. 3, mai/jun. 2005. Acesso em: maio 2017.

BRANCO, Pércio de Moraes. Minerais Argilosos. 2014. Disponível em:. Acesso em: maio 2017.

EPPLER, Richard. Análise de defeitos comuns em vidrados cerâmicos. Cerâmica Industrial, v. 6, n. 4, jul/ago. 2001. Acesso em: maio 2017.

FUNDAMENTOS de calorimetria. [S.I.: s.n.], 2017. Disponível em: . Acesso em: maio 2017.

GIACOMINI, Eliana. Material: o vidro. 27p. Mestrado em Construções de Edifícios – Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto – Portugal, [entre 2008 e 2014]. Acesso em: maio 2017.

GINÉS, J. Et al. Aspectos a serem melhorados nas características e homogeneidade de argilas vermelhas empregadas na fabricação de placas cerâmicas. Cerâmica industrial, v. 1, n. 3, jul/ago. 1996.Acesso em: maio 2017.

GUARNIERI, P. Logística reversa: em busca do equilíbrio econômico e ambiental. Recife: Editora clube de autores, 2011.Acesso em: maio 2017.

MELCHIADES, Fábio G. Alternativas para Eliminar (ou Reduzir) os Furos no Esmalte Causados por Partículas de Calcário em Revestimentos Fabricados por Via Seca. Cerâmica Industrial, v. 1, n. 6 (1), jan/fev. 2001.Acesso em: maio 2017.

SÁNCHES, E. Matérias primas para a fabricação de fritas e esmaltes cerâmicos. Cerâmica Industrial, v. 2, n. (3/4), mai/ago. 1997. Acesso em: maio 2017.

5bcf298b0e88252a0a1f4c09 ci Articles
Links & Downloads

Cerâm. ind.

Share this page
Page Sections